À espera dos jovens do Mundo

Este domingo, dia 22 de Novembro, Portugal vai receber do Panamá os símbolos da Jornada Mundial da Juventude durante a Missa presidida pelo Papa Francisco, no Vaticano. O momento é aguardado com grande expectativa e esperança não só por tantos jovens portugueses mas também de todo o mundo. 
Mesmo com uma pandemia à escala mundial, cada vez mais assanhada e preocupante, ainda há gestos e momentos que nos fazem ter esperança. A jornada Mundial da Juventude, e já participei em duas, começa sempre a ser preparada com muito tempo de antecedência. Depois da escolha de Portugal para receber este grande encontro mundial é agora a vez de uma dezena de jovens de Portugal receber os símbolos que o identificam: a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani. 
A entrega dos símbolos esteve inicialmente agendada para o dia 26 de Abril, Domingo de Ramos, e foi adiada para 22 de Novembro, Solenidade de Cristo Rei, por decisão do Papa Francisco. Mas os jovens portugueses são pacientes e como diz o povo “mais vale tarde do que nunca”. 
Na Guarda, a Jornada Mundial da Juventude também está a ser preparada com entusiasmo e alegria. Os jovens já começaram a vestir as cores da Jornada num desafio que quer chegar a todos os lugares. Como porta de entrada para milhares de jovens, a Guarda tem de estar à altura deste grande acontecimento envolvendo a Diocese, as autarquias, a instituições e associações. O desafio é fazer da Guarda a grande Porta de Entrada da JMJ 2023.