Peugeot 208 e 2008 finalistas

Carla Ribeiro, jornalista do “Público”, integra o grupo de 50 juradas, de 38 países de cinco continentes, a quem cabe escolher o “Women’s World Car of the Year”, galardão criado em 2009, que distingue nove categorias de modelos.A Peugeot arrecadou, para já, dois títulos, com o 208, “Melhor Citadino” e o 2008, “Melhor SUV Urbano”, com o primeiro a impor-se ao Toyota Yaris e ao Honda Jazz e o segundo a superiorizar-se ao Renault Captur e ao Kia Sonet, o que os coloca na lista de candidatos ao “Women’s World Car of the Year”, cujo vencedor será conhecido a 8 de março, Dia Internacional da Mulher.No caso do 208, que já tinha sido distinguido como “Car of the Year 2020”, o prémio eleva para 24 o número de troféus arrecadados ao longo da sua existência, traduzida em 265 000 unidades vendidas, em todo o mundo, desde o seu lançamento, com o 2008 a chegar aos 203 000 exemplares comercializados, apresentando-se, ambos os modelos em versões térmicas (gasolina e gasóleo) e elétricas.O concurso começa pela escolha dos três melhores carros da cada categoria, com o júri a decidir qual deles a vence, com os nove vencedores a terem hipótese de alcançar o triunfo final.