Acompanhando aquilo que a concorrência tem feito, a Skoda lança o Superb iV,

o primeiro modelo de série da marca com propulsão híbrida “plug-in”, que, com a conjugação das motorizações elétrica e a gasolina, consegue atingir os 850 km de autonomia, com a autonomia 100% elétrica a permitir rodar durante 55 km.A conjugação das duas motorizações, a elétrica com 116 cv (85 kW) e a do motor 1.4 TSI de 156 cv (115 kW) permite que, em modo de condução híbrida, o consumo seja de 1,5 l/100 km, com acelerações de 0 a 100 km/h em 7,7”, velocidade máxima de 224 km/h e emissões de carbono que variam entre os 33 e os 35g/km.Em condução – que tem três modos: Sport, o mais desportivo, E, alimentado em exclusivo pela bateria, e Hybrid, selecionados através de botões na consola central – é possível recarregar ou manter o nível de carga da bateria, utilizando o motor a gasolina e recuperando a energia na travagem, o que permite percorrer distâncias maiores sem produzir emissões.O Superb iV é identificado pela sigla “iV” colocada na traseira e a tomada para recarregar a bateria está dissimulada na grelha do radiador.A combinação das duas motorizações, cuja potência atinge os 218 cv (160 kW), está disponível nos níveis de equipamento Ambition, com preço a partir dos 40 943 €, e Style nas versões Suberb Sportline e Suberb L&K.