Modelo vai ser apresentado a 3 de Abril em Linhares da Beira


Aldeias Históricas de Portugal, Universidade de Aveiro, Instituto Politécnico da Guarda e Turismo Centro de Portugal desenvolvem método pioneiro para analisar o impacto económico e social nos territórios de baixa densidade.

Os resultados do Projecto PlowDeR vão ser apresentados, no dia 3 de Abril, na Aldeia Histórica de Linhares da Beira. Este projecto, desenvolvido em parceria pelas Aldeias Históricas de Portugal, Instituto Superior de Contabilidade e Administração da Universidade de Aveiro, Instituto Politécnico da Guarda e Turismo do Centro de Portugal, criou um sistema de monitorização que vai permitir medir o impacto económico e social das actividades geradoras de riqueza nos territórios de baixa densidade.
O Projecto PlowDeR foi criado com o objectivo de dar resposta às lacunas na recolha de informação estatística nos territórios de baixa densidade – em especial à falta de dados qualitativos. O impacto económico e social dos territórios de baixa densidade em geral, e das Aldeias Históricas de Portugal, em particular, não está suficientemente estudado, por falta de indicadores.
O projecto-piloto foi desenvolvido durante 18 meses, a partir de Setembro de 2017, no território abrangido pelas Aldeias Históricas de Portugal.
O instrumento que irá ser apresentado integra um conjunto de outros indicadores que possibilitam avaliar a propensão do território em análise para actividades económicas diversificadas. No caso do projecto-piloto das Aldeias Históricas de Portugal, a metodologia criada vai possibilitar a recolha dos dados necessários para se poder analisar a performance competitiva da área geográfica das Aldeias Históricas de Portugal.
Durante os 18 meses do Projecto PlowDeR, executaram-se várias fases: foi desenvolvida a metodologia e construiu-se a matriz; foram realizados vários workshops de validação da matriz; seleccionaram-se os indicadores para elaboração de inquéritos; e foram realizados vários testes para validação das ferramentas de recolha de informação. A metodologia que resultou do projecto, e que vai ser agora apresentada, passará a ser utilizada pelas Aldeias Históricas de Portugal. Espera-se dentro de um ano apresentar os primeiros dados recolhidos a partir deste novo sistema de recolha de informação estatística com foco nos territórios de baixa densidade.
Os dados serão apresentados no Seminário de encerramento, no dia 3 de Abril, entre as 14.00 e as 17.30 horas, no auditório do INATEL Linhares da Beira Hotel Rural. No Seminário será feito o enquadramento, a metodologia e a apresentação dos resultados, a que se seguirá um painel intitulado “Sustentabilidade dos Territórios de Baixa Densidade”.
Esta iniciativa é financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através, designadamente, dos programas Centro 2020 (Programa Operacional Regional do Centro), via Portugal 2020, através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia.