O remodelado Skoda Octavia caracteriza-se pelos faróis de contornos complexos.

Uma receita usada em 2017, embora de forma mais radical nessa altura.
Recordamos que nessa altura os faróis foram divididos, assim à imagem do que a Mercedes fez no Classe E. Desta feita, os faróis centrais estão unidos à grelha, com um capô que continua mergulhante e um para choques que alarga a frente do carro.
Por outro lado, a traseira recebe farolins com textura diferente e o novo logótipo da Skoda aplicado na tampa da bagageira. E quanto ao exterior, estamos conversados.
Juntamente com as alterações do exterior, vieram algumas mudanças no habitáculo. Assim, os Octavia de entrada na gama têm ecrã de 10 polegadas, os outros beneficiam de unidades de 13 polegadas, uma estreia na Skoda. Finalmente, a Skoda vai incluir, de série, o ChatGPT até ao final do ano. Este está integrado no assistente de voz Laura da casa de Mlada Boleslav.
O Octavia não tem mecânicas PHEV. Por outro lado, todos os motores do renovado Skoda têm eletrificação. A base da gama oferece o bloco 1.5 TSI com sistema híbrido ligeiro nas versões de 115 e 150 CV. Esta versão toma o lugar do 1.0 litros com 110 CV e do 1.5 TSI anterior. Segue-se o 2.0 TSI com 204 CV e tração às quatro rodas. Este mesmo motor, mas no RS, debita 265 CV.
Juntamente com estas mecânicas a gasolina, será disponibilizado o bloco 2.0 TDI com 116 e 150 CV. Dizer que há caixas de 6 velocidades manual e DSG de 7 velocidades e, tal como dissemos acima, possibilidade de tração integral.