Mais espaço e novas motorizações híbridas

Novo Peugeot 308 revela-se. Mais espaço e novas motorizações híbridasDepois de mais de 7 milhões de unidades vendidas ao longo das várias gerações, e distinguido com 42 prémios internacionais. Nestes inclui-se o galardão “Car of the Year” em 2014, este ano ganho pelo novo Toyota Yaris. O Peugeot 308 renova-se agora na 3ª geração e traz novas motorizações híbridas. É também o primeiro modelo apresentado com o novo logótipo do leão.Com uma maior distância entre eixos (+55 mm), e ligeiramente mais baixo (- 20 mm) face ao anterior, o novo Peugeot 308 oferece mais espaço para passageiros, enquanto apresenta uma silhueta mais dinâmica. O comprimento total também aumentou 11 cm. No novo modelo, o destaque vai para o novo símbolo da marca, que ocupa posição destacada na grelha, sendo o primeiro modelo a exibi-lo. O diâmetro de viragem de 10,5 metros, contribui para o comportamento em estrada e para a maneabilidade na cidade.No interior, o destaque vai não apenas para a mais recente evolução do sistema i-Cockpit da marca com ecrã de 10’’, mas também para um novo volante com que integra sensores capazes de detetar as mãos do condutor durante a utilização dos diversos sistemas auxiliares de condução.Nos níveis mais elevados de equipamento, o Peugeot 308 integra algo que a marca apelidou de i-toggle. Posicionados junto ao ecrã central, também ele de 10’’, permitem ser configurados para aceder a determinadas funções do automóvel. Cada i-toggle é uma tecla de atalho sensível ao toque, dando acesso às funções da climatização, a um contacto telefónico, a uma estação de rádio, ou a uma aplicação, sendo parametrizáveis de acordo com as escolhas do utilizador.O novo Peugeot 308 conta com vários sistemas de ajuda à condução que lhe atribuem o nível 2 de condução autónoma.Para além disso, o sistema de info-entretenimento é configurável com um máximo de oito perfis. A função de Apple CarPlay ou Android auto faz-se agora sem fios, sendo possível conectar dois equipamentos com Bluetooth em simultâneo. O ecrã central de 10” é personalizável e dispõe de janelas múltiplas com diversos atalhos. A iluminação interior, também em LED é configurável em oito tons, e para o exterior estão disponíveis sete cores. O volume da bagageira atinge agora os 412 l, incluindo 28 l no compartimento por baixo do piso. Com o rebatimento dos bancos traseiros, o volume atinge os 1323 l. Nas versões híbridas, resultado da existência da bateria, o valor desce para 361 l. Ambos são inferiores aos da anterior geração.No que diz respeito aos motores pode, no caso das motorizações híbridas “plug-in”, ser equipado com um motor de 180 cv (132 kW) e um motor elétrico (81 kW), denominado de HYBRID 225 e-EAT8 que assegura uma autonomia máxima de 59 km em modo totalmente elétrico. Está também disponível com um motor de 150 cv (110 kW) e o mesmo motor elétrico (HYBRID 180 e-EAT8), que assegura mais um quilómetro de autonomia sem consumo de combustível. O Peugeot 308 híbrido, em qualquer uma das suas versões, está equipado com caixa automática EAT-8.A bateria de iões de lítio tem uma capacidade de 12,4 kWh e uma potência de 102 kW, permitindo dois tipos de carregadores de bordo. Um carregador monofásico de 3,7 kW, de série, e outro de 7,4 kW, igualmente monofásico, opcional. Os tempos de carregamento da bateria variam entre 2h com uma Wall Box, e aproximadamente 7 horas numa tomada “standard”. Em qualquer uma destas versões, estão disponíveis os modos de condução Electric, Hybrid, Eco, Normal e Sport.Por fim, os motores a gasolina são de três cilindros com 1.2 l de cilindrada com 100 e 130 cv, estando o mais potente disponível com caixa automática de oito velocidades (EAT-8). O gasóleo de quatro cilindros é o 1.5 l de cilindrada com 130 cv, disponível com os dois tipos de transmissão.O novo Peugeot 308 é assim mais um argumento para o sucesso de vendas da marca, embora ainda não se conheçam preços para o mercado nacional.