Já disponível em Portugal, depois de uns meses de encomendas online, a marca anuncia a nova geração do citadino como mais modernizada e enriquecida.

Em 2019, o Citroen C3 registou um volume de 5700 unidades, sendo o 5º automóvel mais vendido no nosso país e o 2º do segmento B. Desde o seu lançamento, em 2002, já foram vendidas mais de 4,5 milhões de unidades, 750 mil referentes à última geração, no mercado desde 2016.
As novidades ainda são significativas. Para além de uma frente mais moderna com nova assinatura LED, novos airbumps nas laterais e um nível de personalização ainda maior face à anterior geração, num total de 97 combinações exteriores, incluindo três decorações de tejadilho e três ambientes interiores, para além de novas jantes de liga leve de 16 e 17 polegadas. O modelo herdou também os bancos Advanced Comfort de outros modelos de segmentos superiores, prometendo um maior nível de conforto a bordo para o citadino francês.No que diz respeito a números, a Citroen refere 3,99 m de comprimento, 1,379 m de largura, e um diâmetro de viragem de 10,7 m o que lhe confere uma boa agilidade em ambiente urbano. Embora compacto, a habitabilidade é referência no segmento, nomeadamente no banco traseiro. A bagageira conta com 300 l de capacidade. Conta ainda com inúmeros espaços de arrumação para objetos, projetados da maneira mais funcional possível, e um porta-luvas com mais de seis litros de capacidade.São agora 12 tecnologias de ajuda à condução presentes no novo Citroen C3. Para além de um novo sistema de ajuda ao estacionamento, contamos com abertura de portas e arranque em modo mãos livres, assistência no arranque, sistema de travagem de emergência, reconhecimento de sinais de trânsito, ou a comutação automática das luzes, entre algumas outras.No total são quatro os níveis de equipamento do novo Citroen C3 que vão do “Feel” ao “Shine” e “Shine Pack”, passando pela nova versão especial “C-Series”. Acrescenta os seguintes equipamentos: ajuda ao estacionamento traseiro, ambiente interior C-Series, jantes liga leve 16” MATRIX diamantadas, elevadores dos vidros dianteiros e traseiros elétricos e sequenciais, Pack Visibility (acendimento automático dos faróis, iluminação de acolhimento, limpa para-brisas automático), personalização exterior C-Series (Pack Color Deep Red em vermelho oxidado, decoração central do tejadilho especifica e badges C-Series nas portas dianteiras) e vidros laterais e óculo traseiro escurecidos.O novo Citroen C3 privilegia ainda a tecnologia com o seu ecrã tátil de 7” que integra todas as funcionalidades de forma intuitiva. Posicionado de forma elevada no centro do tablier, este ecrã capacitivo panorâmico apresenta um novo visual e o ecrã tátil é realçado por uma nervura inferior que permite apoiar a mão e garante uma utilização otimizada.O novo Citroen C3 está disponível com duas motorizações a gasolina de três cilindros, e uma Diesel. O bloco 1.2 PureTech a gasolina possui duas versões com 83 e 110 cv, enquanto o 1.5 BlueHDi conta com 100 cv. A caixa manual de série é de cinco velocidades, exceto na versão gasolina de 110 cv, que conta com caixa manual de seis velocidades de série, podendo optar por uma automática com o mesmo número de relações.O preço do novo Citroen C3 vai dos 16 372€ para o nível de equipamento “Feel” do 1.2 PureTech de 83 cv, até aos 23 372€ do 1.5 BlueHDi na versão “Shine Pack”. O modelo já pode ser configurado no configurador da marca.