A loja “VERTIC - Urban & Track Store 958” abriu as portas no dia 10 de Setembro, na Rua Mouzinho da Silveira, n.º 36, Rés-do-Chão, na cidade da Guarda, por iniciativa do empresário Ricardo Ferraz, de 32 anos.

O proprietário contou ao Jornal A GUARDA que decidiu apostar na criação do próprio negócio após ter ficado desempregado da PT Comunicações, onde trabalhou durante 12 anos.
O estabelecimento, que ocupa as antigas instalações da loja de desporto Egisport e, mais recentemente da loja Caixmad, vende calçado, acessórios e vestuário de várias marcas desportivas (Adidas, Reebok, New Balance, Le Coq Sportif, Viztoria, entre outras). A loja de “casual moda”, que trabalha com o grupo Amazing Fusion, surgiu pelo facto de o jovem empresário sempre ter tido “o fascínio do design e da arte”. “Tem a ver com a perfeição e com a estética e por ser um produto inexistente na cidade. Sempre foi um sector que me disse muito, no sentido de que está ligado ao design e à moda e sempre gostei de tudo o que mexe com isso. Sempre que entrava em lojas, era algo que me dizia muito e o facto de ter um negócio meu e da minha esposa sempre me disse algo e surgiu agora a oportunidade”, justificou.
A imagem e a própria decoração da loja foram criadas por Ricardo Ferraz que também atribuiu o nome “VERTIC - Urban & Track Store 958” atendendo à localização da cidade da Guarda. “VERTIC surgiu porque quando comecei a desenhar o projecto procurei um nome pequeno e com alguma agressividade e que ficasse no ouvido das pessoas. VERTIC tem a ver com o calçado, pois pensei «a gente calça-se para andar na verticalidade e estamos numa região do país onde há muita verticalidade». Urban & Track porque os trilhos urbanos para mim são as ruas e a verticalidade dos prédios. Por fim, Store 958 tem a ver com a altitude a que a loja se encontra, ou seja, a 958 metros”.
O responsável disse ainda que a aposta no negócio surgiu após verificar que era uma área que na cidade da Guarda não tinha concorrência. “Olhei para o mercado existente e tentei projectar para colmatar uma lacuna que houvesse na nossa cidade”, disse.
Em relação aos primeiros dias de funcionamento do espaço comercial, Ricardo Ferraz, disse que “o balanço é muito bom”. “Há uma grande procura, muita curiosidade pelo sentido de as pessoas ficarem surpresas pela positiva. O efeito surpresa é o mais evidente nas pessoas. Algumas até dizem algo do género: «Até que enfim que existe este projecto na cidade»”. Referiu ainda que o histórico e a localização da loja, nas proximidades do Centro Comercial La Vie, também são uma mais-valia para o negócio. “Na escolha foi bastante importante a proximidade do Centro Comercial e as pessoas identificam logo a loja com a antiga Egisport. Ainda tive outros locais em vista, mas este, na relação preço e posicionamento era o mais adequado. Havia outros sítios também bons, mas muito exagerados ao nível das rendas”, contou.
Quanto ao futuro, refere que as expectativas “são boas, tem que haver trabalho árduo, mas acho que temos um poder de ascensão muito grande, porque a cada dia que passa sente-se que as pessoas aderem cada vez mais. As marcas que comercializamos são mundialmente conhecidas. A linha delas é de gama superior”. Admitiu ainda a possibilidade de abrir novas lojas com a insígnia “VERTIC - Urban & Track Store 958” na cidade da Guarda “ou em algumas cidades perto da Guarda”.
Na loja, o empresário que criou o seu novo posto de trabalho, tem o apoio da esposa e de uma amiga. O estabelecimento funciona de segunda-feira a sábado das 10.00 às 13.00 horas e das 15.00 às 19.00 horas.