O Lexus LBX é o mais pequeno SUV da marca Premium da Toyota.

Com preços que arrancam abaixo dos 35.000€, o LBX tem um interior agradável e confortável e um sistema híbrido, como sempre, eficiente e onde até a caixa CVT se mostra mais interessante.
Com toda a certeza, o Lexus LBX possui um estilo arrumado e bem giro, diga-se. Tem uma frente com uma grelha grande, porém menor que a habitual e separada dos faróis que passam a estar unidos por uma faixa cromada e uma pequena grelha por baixo do capô.
De maneira idêntica, a traseira do LBX replica o estilo da dianteira com dois “L” invertidos nos cantos, o nicho da matrícula e os farolins de generosas dimensões unidos entre si por uma barra luminosa.
Sem surpresa encontramos debaixo do capô o sistema híbrido de quinta geração da Toyota. A especificação escolhida para o LBX une o motor de três cilindros com ciclo Atkinson e 1.5 litros de cilindrada a dois motores de arranque/gerador. Porque estamos a falar de um Lexus, a potência é de 136 cv, um valor interessante. O sistema foi todo remodelado, da transmissão ao motor, da caixa ao sistema elétrico. Há, também, uma nova bateria. Por outro lado, a Lexus diz que houve uma atualização da caixa CVT para uma maior agradabilidade na condução.
No final deste primeiro ensaio, o veredicto é muito positivo. O LBX é um belo trabalho de engenharia a partir de uma base conhecida da qual não vislumbramos mais que a motorização.
Com toda a certeza conseguirá seduzir novos clientes, mesmo não sendo um automóvel dos mais excitantes de conduzir. Porque tem um interior acolhedor e de qualidade, bom equipamento e um preço que acaba por ser simpático dentro daquilo que é uma proposta Premium como este LBX.