A Hyundai anunciou o início da produção do novo i10 com o cunho desportivo N-Line.

A produção tem lugar na fábrica do velho continente, em 0zmit, na Turquia – designada de Hyundai Assan Otomotiv Sanayi. O citadino sul-coreano é o quarto modelo a ser equipado com o nível de equipamento do departamento “N”. E pretende ser mais do que apenas decorativo.Inspirado nos modelos de alta performance da Hyundai, o i10 N-Line sofre alterações a nível estético, com um exterior desportivo e recebendo elementos exclusivos desta versão. Os para-choques e grelha dianteira foram redesenhadas e nem mesmo os LEDs de circulação diurna escaparam. As jantes de liga-leve de 16 polegadas são também elas exclusivas deste modelo, enfatizando a atitude desportiva do carro. Aos clientes, é ainda dada a possibilidade de optar entre um total de seis cores que podem ser combinadas com o tejadilho a dois tons.O mais recente Hyundai i10 veio para agitar o mercado do segmento A. Quando muitos construtores já consideram este segmento em “vias de extinção”, outros surgem com propostas capazes de convencer até quem procura mais que um citadino.Por dentro, tanto o volante com pesponto em vermelho como a caixa de velocidades ostentam o logótipo N. Estes, em conjunto com o contorno vermelho das saídas de ventilação e os pedais em alumínio, conferem uma sensação ainda mais desportiva ao habitáculo.Por fim, o novo Hyundai i10 N-Line traz consigo uma motorização exclusiva para o modelo: o 1.0 T-GDi de 100 cv e 172 Nm de binário. No entanto, para quem preferir, é ainda possível equipar o Hyundai i10 N-Line com o já conhecido 1.2 MPi de 84 cv e 118 Nm.