O restaurante «Grelhadu’s Take Away» é o único estabelecimento da cidade da Guarda especializado em take away, ou seja, no preparo e no comércio de refeições que são levadas

e consumidas em outro local. No entanto, o estabelecimento comercial, que actualmente é gerido por Ana Menoita, de 39 anos, que funciona na Rua Infante D. Henrique, n.º 14, junto à Câmara Municipal da Guarda, também providencia serviço de mesa, podendo o cliente fazer as refeições no local.
A empresária contou ao Jornal A Guarda que o estabelecimento anterior, do mesmo ramo, fechou em Dezembro de 2014. Depois, o proprietário do espaço fez obras e reabriu, no dia 4 de Fevereiro deste ano, com a gerência de Ana Menoita, que estava desempregada. “Sempre trabalhei neste ramo e, como estava desempregada, surgiu esta oportunidade, agarrei-a e apostei na criação do meu próprio emprego”, contou.
Ana Menoita referiu que o forte da casa é o serviço de take away, mas as obras de remodelação já foram feitas também a pensar em servir refeições no estabelecimento. Assim, contou que algumas pessoas “estão a aderir e fazem as refeições no espaço que dispõe de 4 mesas e de lugares ao balcão”. “O grosso do estabelecimento é a parte dos grelhados e o prato do dia, tendo o take away o maior peso. Tenho muitos clientes diários que aqui vêm buscar o almoço e o jantar”, referiu. No take away, a casa tem prato do dia a 5 e a 3 euros (dose e meia dose, respectivamente). No interior do restaurante a empresária trabalha com menus que têm muita procura na hora do almoço. Disponibiliza os seguintes menus: 1.º - sopa, prato do dia e café (6 euros), 2.º - meia sopa, meio prato do dia e café (4 euros), 3.º - meio prato do dia mais café (3,5 euros). A bebida é paga à parte e fica ao critério do cliente. “Para além destes menus sirvo o frango no prato e os restantes grelhados, que variam entre 5,5 e 6,5 euros”, acrescentou.
O «Grelhadu’s Take Away» disponibiliza diariamente menus para fora de grelhados (frango de churrasco, fêvera, entremeada, salsicha, entrecosto e aba de vitela) e de prato do dia (bacalhau com natas, arroz de pato, pernil assado no forno, arroz de feijão com fêveras panadas, etc.).
As pessoas podem fazer as encomendas pessoalmente ou por telefone, estando os menus disponíveis na página do Facebook (Grelhadus Ana). O estabelecimento funciona com a presença da funcionária e de uma cozinheira, de segunda a sexta-feira, das 9.30 às 14.30 horas e das 17.30 às 21.30 horas, e aos sábados das 9.30 às 14.30 horas.
Em relação aos primeiros meses de funcionamento do espaço comercial, Ana Menoita disse ao Jornal A Guarda que o tempo ainda é pouco, mas “o sítio é bom, tenho muitos clientes já do dia-a-dia e o negócio está em fase de crescimento”. “Neste período de início da Primavera e de bom tempo, noto que a procura está a aumentar de dia para dia, tanto no take away como no estabelecimento”, disse.
Em relação às consequências da crise económica no sector da restauração, a empresária relatou que nota que algumas pessoas optaram por levar o almoço de casa para o trabalho “para não fazerem gastos fora”, o que se reflecte no negócio. Por outro lado, observa que no take away, a “maior parte das pessoas levam, por exemplo, só a carne grelhada, não optando pelo acompanhamento”. Também verifica que “as pessoas costumam levar uma dose para duas pessoas, mas isso também é porque a dose é bem servida e as pessoas ficam bem”. “De resto, não noto que as pessoas cortem”, concluiu.
A responsável indicou ainda que a frequência do seu estabelecimento é maior na hora de almoço.