Economia

O estatuto PME Excelência 2019 foi atribuído a 2 337 empresas, entre as quais 9 do distrito da Guarda. Em conjunto, estas empresas são responsáveis por 342 postos de trabalho e por um volume de negócios superior a 105 milhões de euros, o que representou um crescimento médio de 24,8% em relação ao ano anterior. No distrito da Guarda o estatuto PME Excelência 2019 foi conquistado pelas seguintes empresas: TopTans - Transitários, Lda. (Celorico da Beira); Manutrial - Manutenção Industrial, Lda; Palegessos - Indústria e Comércio de Paletes e Gessos, Lda. (Sabugal); Queijos Tavares, S.A. (Seia); Silviguarda - Silvicultura e Transportes, Lda; Farmácia Central do Sabugal, Unipessoal Lda (Sabugal); Floresta Bem Cuidada, Lda; Metroqualibeiras, Lda; ACI - Automotive Compouding Industry, Lda.Ao longo dos 11 anos, desde que o Prémio foi criado, um total de 3 empresas nesta região (Guarda) já obtiveram este estatuto mais de nove vezes.A maioria das PME excelência, que se destacaram pelos melhores desempenhos económico-financeiros e de gestão, desenvolvem a sua actividade nos sectores da Indústria (44%), Comércio (22%) e Agricultura e Pescas (22%). No distrito da Guarda as PME Excelência são maioritariamente empresas de pequena dimensão (6), correspondendo a 67% do total. Já as empresas de média dimensão (3) representam 33% das empresas premiadas neste universo.Com um activo líquido global superior a 69 milhões de euros, as PME Excelência 2019 deste distrito apresentaram uma autonomia financeira média de 54% e níveis de rendibilidade dos capitais próprios de aproximadamente 25%. Esta iniciativa do IAPMEI foi criada com o objectivo de premiar as PME nacionais, que se evidenciam pela qualidade dos seus desempenhos económico-financeiros e se mostram capazes de atingir altos padrões competitivos.