Os veículos eletrificados representam 18% das vendas da marca, tendo registado 2.507 unidades em 2019. Este resultado permitiu à BMW atingir a liderança de vendas de veículos eletrificados em Portugal.


As três marcas do BMW Group presentes em Portugal registaram, em conjunto, 18.284 unidades vendidas no ano de 2019, o que corresponde a uma variação praticamente nula face a 2018 (-0.4%).
Em 2019, a BMW registou 13.938 unidades vendidas, mais 1% face ao ano anterior. O BMW Série 1 foi o modelo mais vendido, com 3.289 unidades, seguido do BMW Série 3 Berlina com 1.471 unidades, alcançando a liderança no seu segmento. O alargamento da gama BMW M conduziu a um novo recorde de 211 unidades e o BMW iPerformance cresceu 32%, com um total de 1.921 unidades. O BMW Série 5 Berlina foi o mais vendido nesta gama com 756 unidades.
Na BMW i, este foi também o melhor ano de sempre, com 589 unidades vendidas tendo o BMW i3 representado 586 unidades, mais 58% face a 2018. O i3 é o veículo elétrico mais vendido do mundo no segmento premium compacto.
Por seu lado, no ano transato, a MINI decresceu 14% nas vendas, devido ao facto da marca ter terminado a produção das motorizações a gasóleo nos modelos MINI e MINI Cabrio. A MINI vendeu 2.573 unidades, com o MINI Countryman a registar 948 unidades, seguido do MINI 5 Portas com 477 unidades. O MINI Countryman Híbrido Plug-In, cresceu mais de 40% nas vendas, com 508 unidades.
Por outro lado, em 2019, a BMW Motorrad vendeu 1.773 unidades, mais 15.5% face a 2018. O maior contributo de vendas foi referente aos modelos BMW R 1250 GS e BMW R 1250 GS Adventure, com 761 unidades vendidas. A Gama F foi a que mais cresceu, com 348 unidades vendidas. Com um volume de negócios de 74,1 M€, a BMW cresceu 7.5% face ao ano anterior. Por sua vez, a MINI e a BMW Motorrad foram as áreas que registaram o maior crescimento, tendo alcançado um volume de negócios de 5.7 M€ e 5.9 M€ respetivamente, o que corresponde a um crescimento na ordem dos 13%.