O novo Jaguar XE redefine o standard do seu segmento. Concebido com base na arquitetura modular da Jaguar,

o XE é o único veículo do seu segmento que utiliza uma estrutura monobloco com elevado conteúdo de alumínio, ou seja, 75% da estrutura é composta por alumínio de peso reduzido. Graças à redução de peso, o Jaguar XE será o modelo da marca com menor consumo de combustível e emissões de CO2 em ciclo combinado NEDC, com menos de 4 litros/100km e 100 g/km, respetivamente.
A construção de peso reduzido é um elemento fundamental do ADN da Jaguar, que já tinha desenvolvido estruturas similares no Jaguar XJ, XK e o F-TYPE.
O XE transforma-se agora no modelo mais recente a utilizar esta tecnologia inspirada na engenharia aeroespacial. A carroçaria com elevado conteúdo de alumínio do Jaguar XE é não apenas visualmente apelativa, como também a sua estrutura proporciona uma rigidez torsional excecional, adicionando sistemas de suspensão que proporcionam níveis de qualidade de condução e direção sem precedentes. O Jaguar XE é também o primeiro veículo do mundo a incorporar um novo tipo de alumínio de alta resistência denominado RC 5754, reciclado e desenvolvido para o Jaguar XE, e que é mais uma contribuição significativa para o objetivo da Jaguar de utilizar 75% de material reciclado em 2020. Concebido e desenvolvido no Reino Unido, o XE será o primeiro Jaguar a ser produzido na nova fábrica da companhia em Solihull, na região das West Midlands.