Nasser Dakar 2021

Três etapas cumpridas e Nasser Al-Attiyah lidera a competição ao volante da nova Toyota Hilux GR DKR do agrupamento T1+. Portugueses com começo complicado.Nasser Al-Attiyah está a dominar o Dakar de 2021 com a nova Toyota Hilux GR DKR, aproveitando o começo atribulado dos novos Audi Q RS e-tron e a entrada cautelosa da Bahrain Racing Xtreme (BRX). O piloto do Qatar venceu as duas primeiras especiais, sendo surpreendido na terceira tirada por Sebastien Loeb, que assim conquistou a sua 15ª vitória em etapas do Dakar e deu à Prodrive de David Richards a primeira vitória na prova.Stephane Peterhansel arrancou uma roda ao Audi híbrido e está a mais de 24 horas do líder da prova, enquanto Carlos Sainz conheceu dificuldades com a navegação, perdendo mais de duas horas caindo para as profundezas da classificação. A prova da Audi acabou na madrugada da corrida, até porque Mathias Ekstrom está, apenas, no 24º lugar a quase duas horas do líder da prova. As dores de crescimento de um projeto que vai evoluir certamente.Entre os portugueses, Miguel Barbosa segue no 48º lugar da geral a 3h52m09s após um começo complicado para o piloto da Toyota Hilux da Overdrive. Vaidotas Zala e Paulo Fiúza seguem no 15º lugar e Benediktas Vanagas e Filipe Palmeiro estão no 18º posto. Nas motos, Sam Sunderland (GasGas) é o líder na frente de Adrien Van Beveren (Yamaha) e Daniel Sanders (GasGas), a surpresa inicial da prova, com duas vitórias consecutivas do australiano.Para os portugueses, as coisas não têm sido fáceis. Joaquim Rodrigues é o melhor no 18º lugar (a 45m13s), seguido de António Maio (29º a 1h04,45s) e Rui Gonçalves (48º a 2h07m44s), Alexandre Azinhais (71º a 3h13m24s) e Bianchi Prata (87º a 4h19m00s). Mário Patrão, piloto beirão, conheceu algumas dificuldades no início da prova, ele que está inscrito na categoria “Originals by Motul”, uma das mais difíceis pois não tem assistência. Ainda assim, é 6º da geral dos “Originals by Motul” e 84º (a 4h09m 43s) na geral. Nos Camiões lidera a Kamaz com Sotnikov, nos Quad é o letão Laysvidas Kancius o primeiro. Destaque ainda para a liderança de Lopez Contardo nos LW Proto e de Aiustin Jones nos SSV. Mário e Rui Franco são 10ºs nos LW Proto e Luís Portela de Morais é 11º nos SSV, enquanto Rui Oliveira e Fausto Mota são 20ºs nos SSV.