O Rally Raid Góis – Pampilhosa da Serra – Arganil,

prova que abriu o Campeonato Nacional de Rally Raid, foi ganho por Mário Patrão, que assumiu o comando da prova no primeiro dia, depois dos 180 km que ligaram Liboreiro a Carcavelos, para no dia seguinte, ser segundo, nos 156 km que levaram a caravana de Carcavelos a Cabreira, mas garantir o triunfo e tornar-se no primeiro comandante do campeonato.E se no sábado as condições atmosféricas ajudaram, no domingo, a chuva e o nevoeiro complicaram a vida aos pilotos, com Mário Patrão a confessar que «caí perto do final da prova, porque com a chuva o piso fica muito escorregadio e a mota foge sem darmos conta, mas a partir daí tentei levar a mota até ao fim sem mais quedas» O piloto explicou que «o objetivo foi fazer uma boa primeira parte, forçar o andamento na fase inicial de domingo e depois gerir e só posso dizer que tivemos um bom fim-de-semana».Mário Patrão prepara, agora, a participação na Baja Portalegre 500, que decorrerá de 5 a 7 de novembro, antes de regressar ao Campeonato Nacional de Rally Raid, em Mação, uma semana depois da competição alentejana.