Desporto

Carlos Sainz e Ricky Brabec vencem Dakar 2020

O espanhol Carlos Sainz conquistou, na última sexta-feira, a terceira vitória no Rali Dakar (após 2010 e 2018), batendo o qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota) e o francês Stéphane Peterhansel (Mini), navegado pelo português Paulo Fiúza. O piloto venceu quatro das 12 especiais da 42.ª edição do Rali. Ainda nos carros, Filipe Palmeiro, navegador de Benediktas Vanagas, classificou-se em 15º. Nas motas, o norte americano Ricky Brabec conquistou pela primeira vez a vitória. António Maio foi o melhor piloto entre os portugueses (27º), seguido de Fausto Mota (31º) e Mário Patrão (32º).  Nos camiões, o triunfo foi, pela segunda vez, para Andrey Karginov. Nos quad, venceu o chileno Ignacio Casale (Yamaha), a sua terceira vitória no Dakar. Entre os SSV, ganharam os norte-americanos Casey Currie e Sean Berriman (Can-Am). Conrad Rautenbach, navegado pelo português Pedro Bianchi Prata, terminou na quarta posição.

Armindo Araújo encara a integração na The Racing Factory como uma nova etapa na sua carreira desportiva.

O penta campeão nacional conta, em 2020, com um Skoda Fabia R5 Evo continua a ser navegado por Luís Ramalho. Os objetivos passam por “lutar pelas vitórias e pela conquista do título absoluto no Campeonato de Portugal de Ralis em 2020, numa equipa que oferece garantias para conseguirmos ter sucesso”.A aposta no Skoda Fábia R5 Evo e na estrutura liderada por Aloísio Monteiro foi, para Armindo Araújo, a decisão mais fácil de tomar após a confirmação do apoio dos seus parceiros de carreira. “Conseguimos, juntos, criar objetivos muitos claros e todos mantivemos uma ligação que, em alguns casos, completam 20 anos. A todos eles tenho que manifestar publicamente o meu agradecimento”, disse ainda o piloto de Santo Tirso. O programa desportivo do penta campeão para 2020 engloba oito das 10 provas do CPR, para o qual vai contar com um Skoda Fabia de testes, outro para os ralis de terra e um para as provas de asfalto. Destas, apenas a presença no Serras de Fafe e Felgueiras (28 e 29 de fevereiro) e Vodafone Rali de Portugal está confirmada. No Rali Serras de Fafe/Felgueiras, que abre a temporada do Campeonato de Portugal de Ralis o piloto garante “já estar a lutar pela vitória”. Para já, seguem-se apenas os testes com o novo Fabia.
Armindo Araújo repete presença no Guarda Racing DaysA seis meses do evento, Armindo Araújo é já uma das primeiras confirmações entre os pilotos para o Guarda Racing Days, agendado para o fim de semana de 11 e 12 de julho. O piloto já participou na edição de estreia, em 2019, estreando-se a conduzir um SSV, e sempre em primeiro lugar da categoria. O piloto chegou à segunda meia final, onde alinharam os vencedores das categorias B e D, disputando a pista, em Can-Am, com Manuel Correia (Mitsubishi Evo), mas abandonou a prova após problemas de direção a meio do traçado.

The Racing Factory e Armindo Araújo juntos em 2020

Está oficialmente apresentada a The Racing Factory. Depois de ter iniciado a sua atividade em 2019, competindo com sucesso no Campeonato da Europa de Ralis, Peugeot Rally Cup Ibérica e Campeonato Nacional de Todo-Terreno, a estrutura liderada por Aloísio Monteiro inaugurou, no sábado, 18 de janeiro, as suas instalações em São Paio de Oleiros, Santa Maria da Feira. Como trunfo para esta época, a The Racing Factory anunciou a chegada de Armindo Araújo à equipa para disputar o Campeonato de Portugal de Ralis, aos comandos de um Skoda Fabia R5 Evo.A união de esforços entre a jovem estrutura e o cinco vezes Campeão Nacional de Ralis (2018, 2006, 2005, 2004 e 2003) promete dar que falar em 2020.Para Aloísio Monteiro, a satisfação desta união é evidente: “2020 será o ano de afirmação da The Racing Factory a nível nacional, com a entrada oficial no Campeonato de Portugal de Ralis. Vamos também marcar presença no Campeonato Regional da Madeira com o competitivo Miguel Nunes, que também demonstrou bastante confiança na nossa equipa. Para além destas novidades, manteremos a aposta no Campeonato Europeu de Ralis e iremos procurar a consolidação dos nossos projetos na Peugeot Rally Cup Iberica e Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, onde vamos em breve anunciar mais alguns nomes de relevo”, disse.Se por um lado, Aloísio Monteiro vê um sonho concretizado, por outro Armindo Araújo encara com positividade a nova etapa com a The Racing Factory. “Estou muito orgulhoso por fazer parte desta grande equipa, que se mostra muito ambiciosa. Conseguimos, juntos, criar objetivos muitos claros de vitória e estou certo que vamos concretizar os nossos objetivos”, explicou Armindo Araújo. Na cerimónia de inauguração das instalações, Aloísio Monteiro, piloto e empresário, revelou ainda os objetivos da sua equipa a curto-médio prazo: “Queremos estar também presentes na Velocidade. Para tal, iremos construir um novo pavilhão, dedicado a esta vertente do desporto automóvel que irá albergar mais projetos desportivos e dar emprego a mais um grupo de pessoas apaixonadas pelo motorsport. Queremos ser uma referência nesta área que tanto tem para explorar”.A aposta no futuro do desporto automóvel em Portugal é outra das vertentes deste projeto: “Temos o sonho de ajudar a formar pilotos de qualidade e competentes nas mais diversas áreas. Para tal, a The Racing Factory irá iniciar um processo de criação de uma escola de formação, ou se lhe preferirem chamar uma “academia”, para formar jovens pilotos nas mais diversas áreas (técnica, mecânica, recolha de notas e análise de vídeos, entre outros), por forma a que se consiga mudar o panorama do desporto automóvel em Portugal que, como todos concordamos, tem escassez de gente jovem com capacidades para ombrear com os melhores pilotos nacionais.”O primeiro desafio da temporada para a The Racing Factory será no Campeonato Nacional de Todo-Terreno, com a participação na Baja TT Vindimas do Alentejo, de 7-9 de fevereiro, onde a equipa estará presente na vertente SSV. Segue-se a estreia no Campeonato de Portugal de Ralis, com a disputa do Rali Serras de Fafe e Felgueiras no final de fevereiro.

A Jeep encerrou o ano de 2019 com um resultado muito positivo.

A sétima e mais longa etapa do Rali Dakar 2020, que decorreu no domingo,

Clube da Guarda apoia portugueses presentes

Quase um ano depois da sua apresentação, que ocorreu em fevereiro de 2019 de forma exclusivamente online,