Cultura

Teatro Municipal da Guarda

Guarda

Guarda

Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço

Para assinalar o aniversário da cidade A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço vai assinalar o aniversário da cidade da Guarda com uma exposição bibliográfica intitulada “Os livros da Guarda”. A mostra, que decorre de 23 a 30 de Novembro, quer dar a conhecer uma cidade com uma incomparável posição geográfica, à qual não faltam obras de arte, principalmente de arquitectura. A cidade possui uma história riquíssima, envolvendo-se em episódios marcantes da História de Portugal, o que se espelha nos livros a expor. Ainda no mesmo âmbito, dia 25, às 18.00 horas, realiza-se mais uma sessão de “Guarda: a memória”. O documento mais antigo da cidade – o Foral - dá o mote para a conferência “Foral e Foros da Guarda: um breve estudo linguístico por Maria Luísa Alves Ferreira de Almeida”. Maria Luísa Alves Ferreira de Almeida, professora aposentada da Universidade Católica de Viseu, estará na Guarda para falar sobre aspectos linguísticos referentes ao manuscrito.
Teatro Municipal da Guarda Esta sexta-feira, dia 20 de Novembro, o Teatro Municipal da Guarda (TMG) apresenta no pequeno auditório, o “Concerto para olhos vendados” por Luís Antero. A iniciativa decorrerá em duas sessões: uma às 14.30 horas reservada ao público sénior e outra sessão às 21.30 horas, para o público em geral. Trata-se de uma actividade que integra o programa do Ciclo da Luz [A Luz na arte/ Ciência /Educação] que o TMG/CMG – Câmara Municipal da Guarda promove até ao final do mês. Este é também um concerto para olhos vendados especial, composto na íntegra por algumas paisagens e marcos sonoros da cidade da Guarda. Com base em gravações sonoras de campo, constrói-se um concerto onde os sons rurais e urbanos da Guarda se fundem, num convite à preservação da memória e à divulgação do património imaterial acústico da cidade e do concelho. A criação, concepção original, gravações sonoras de campo originais e paisagem sonora ao vivo é da autoria de Luís Antero. Luís Antero é licenciado em Estudos Artísticos. Desenvolve desde 2008 um trabalho de recolha e documentação do património imaterial sonoro das zonas da Beira Serra e Serra da Estrela, com base em gravações sonoras de campo. É curador da netlabel Green Field Recordings dedicada exclusivamente à edição online de trabalhos sonoros com base em gravações sonoras de campo e do programa de rádio O Coleccionador de Sons na Rádio Zero e Rádio Universidade de Coimbra, de 2009 a 2013. Foi artista convidado e um dos responsáveis pelas gravações do projecto Sons do Arco Ribeirinho Sul, na cidade do Barreiro e director artístico do recente Arquivo Sonoro do Centro Histórico de Coimbra.