Guarda


O novo livro de poesia de Américo Rodrigues, intitulado “Arquivo Morto”, será apresentado na sexta-feira, pelas 21.30 horas, na Biblioteca Eduardo Lourenço, na Guarda. Américo Rodrigues nasceu na Guarda. É autor de vários livros de poesia: “A estreia de outro gesto”, “Instante exacto”, “Acidente poético fatal”, “A casa incendiada” e “Ponto cego”, entre outros. É também autor de obras de teatro, crónicas e poesia sonora. O livro segue um projecto gráfico de Jorge dos Reis, professor e designer. A edição é da Bosq-íman:os. A obra será apresentada por Norberto Rodrigues. António Norberto Perestrello Rodrigues nasceu na Guarda, em 1953, onde viveu até aos vinte anos. Sociólogo, desempenhou vários cargos dirigentes na Administração Pública. Professor Universitário nas áreas da Sociologia e da Gestão de Recursos humanos. Foi presidente da Associação de Profissionais em Sociologia Industrial das Organizações e do Trabalho.