Na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço


Os 40 anos (1979-2019) de vida literária de Miguel Real vão ser assinalados com uma exposição, entre Outubro e Dezembro de 2019, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda.
No âmbito desta iniciativa a comissão organizadora, composta por Anabela Rita, Carla Sofia Luís, Alexandre Luís, Urbano Sidoncha, Paulo Serra, José Rosa, Dulce Borges, Filomena Oliveira, Alexandra Isidro, Victor Afonso, Idalina Sidoncha, Catarina Moura, Anabela Sardo, Gabriel Magalhães, André Barata, está a preparar três colóquios (4 de Outubro, 6 de Novembro e 6 de Dezembro) que irão abarcar diferentes dimensões da obra de Miguel Real.
No primeiro evento intitulado “Colóquio Miguel Real – 40 anos de escrita: ensaio, ficção”, no dia 4 de Outubro, a partir das 14.30 horas, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, além das conferências proferidas por alguns especialistas, será inaugurada a exposição. Haverá ainda espaço para as Mensagens enviadas por Barbara Jursik (Universidade de de Ljubljana - Eslovénia), Isabel Ponce de Leão (Professora Catedrática da Universidade Fernando Pessoa e Membro Integrado do CLEPUL), José Manuel Mendes (Presidente da Associação Portuguesa de Escritores), Marco Lucchesi (Presidente da Academia Brasileira de Letras), Maria do Rosário Pedreira (Editora, Escritora, Poetisa e Letrista portuguesa), Onésimo Teotónio d’Almeida (Director do Departamento de Estudos Portugueses e Brasileiro da Brown University, em Providence, Rhode Island), Pinharanda Gomes (Ensaísta, pensador, escritor, filósofo), Silvie Špánková (Universidade Masaryk de Brno - República Checa), Teolinda Gersão (Professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa/Escritora).
Na conferência moderada por Idalina Sidoncha, Anabela Sardo e João Morgado e em que participa Miguel Real, vão usar da palavra José Carlos Seabra Pereira, Anabela Rita, Carla Sofia Luís, Urbano Sidoncha, Alexandre Luís, Renato Epifânio.
O segundo evento, intitulado “Colóquio Miguel Real – 40 anos de escrita: a (re)criação dramatúrgica”, será no dia 6 de Novembro, pelas 15.00 horas, no Teatro Municipal da Guarda. Serão conferencistas Miguel Real e Filomena Oliveira, que dissertarão sobre a parceria empreendida no campo da redacção de textos dramatúrgicos originais ou na adaptação de romances de autores relevantes no âmbito da Cultura Portuguesa. Será apresentada a peça de teatro O Ano da Morte de Ricardo Reis (da autoria de José Saramago e adaptação dramatúrgica de Miguel Real e Filomena Oliveira).
No dia 6 de Dezembro, pelas 14.30 horas tem lugar, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, o terceiro evento intitulado “Colóquio Miguel Real – 40 anos de escrita: o romance histórico no século XXI”. Haverá uma mesa redonda com António José Borges (CLEPUL, Revista Nova Águia), Álvaro Manuel Machado (Universidade de Lisboa), Daniel Heri-Pageaux (Sorbonne, Paris), Gabriel Magalhães (UBI/Escritor), João Morgado (Escritor), Luísa Maria Soeiro Marinho Antunes Paolinelli (Universidade da Madeira), Nuno Júdice (Escritor/Ensaísta).
A iniciativa conta com o apoio da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço e Câmara Municipal da Guarda, em parceria com a FAL da Universidade da Beira Interior o LabCom - Comunicação e Artes, o Praxis - Centro de Filosofia, Política e Cultura, o Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa, a ÉTER e outras Artes, o Instituto Politécnico da Guarda, Academia Lusófona Luís de Camões, Observatório da Língua Portuguesa.
Miguel Real, ensaísta, romancista, crítico literário, conferencista, professor, dramaturgo e destacado vulto da cultura portuguesa, é leitor assíduo de Eduardo Lourenço e autor de três premiadas obras intituladas: Eduardo Lourenço e a Cultura Portuguesa (Quidnovi, 2008), O Essencial Sobre Eduardo Lourenço (INCM, 2003) e Eduardo Lourenço - Os Anos da Formação 1945-1958 (INCM, 2003).