Eixo Cultural A25 – Rede de Criação e Programação

Cuca Roseta com a Orquestra Filarmónica Portuguesa, no dia 12 de Setembro e António Zambujo com a Orquestra Filarmonia das Beiras, no dia 19 de Setembro, vão actuar na Guarda, no pátio da Sé Catedral. Estes concertos acontecem no âmbito do programa de cultura em rede A25 que junta os municípios de Aveiro, Viseu e Guarda.A programação inclui ainda três residências artísticas com duas bandas/artistas de cada concelho, que culminarão com uma apresentação pública em cada um dos municípios. Cada grupo criará um máximo de nove temas originais, dando lugar a um novo projecto musical com assinatura de duas cidades diferentes.Nos dias 24 e 25 de Setembro, os centros históricos das três cidades vão iluminar-se, no âmbito de três intervenções artísticas originais de grande escala e utilizando a luz como recurso central, em registo de ‘site specific’, tendo como objectivo a valorização de lugares de relevância patrimonial no contexto dos municípios promotores.Esta acção vai realizar-se em simultâneo, funcionando como uma proposta de percurso artístico-cultural pelas três cidades, estimulando novas formas de as visitar e descobrir.O projecto cultural em rede que integra concertos, residências artísticas e instalações de luz no património, nos municípios de Aveiro, Viseu e Guarda, conta com um investimento de quase 300 mil euros.Fortalecer a ligação entre estes três municípios da zona centro é um dos objectivos deste projecto denominado “Eixo Cultural A25 – Rede de Criação e Programação”.Esta iniciativa, liderada pelo município de Aveiro em conjunto com os municípios da Guarda e Viseu e a Entidade Regional do Turismo do Centro de Portugal, é uma parceria estratégica, estruturada como uma operação de programação cultural em rede.Orçado em quase 300 mil euros, apoiados em 85% por fundos europeus, o projecto “Eixo Cultural A25”, que começou em Julho e termina em Outubro, contempla 12 acções, envolvendo cerca de 130 artistas e técnicos.