Guarda


Na sexta-feira, dia 21 de Julho, decorreu na Guarda a cerimónia de entrega do Prémio Centro de Estudos Ibéricos - Investigação, Inovação e Território (CEI-IIT) a dois investigadores nacionais. O júri do Prémio CEI-IIT, após avaliação das candidaturas, deliberou distinguir os projectos de António Godinho da Fonseca e de Cristina Amaro da Costa, nas modalidades “Territórios e sociedades em tempo de mudança” e “Inovação em territórios de baixa densidade”, respectivamente. O anúncio dos vencedores foi feito numa sessão, que teve lugar ao final da tarde na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço. Na modalidade 1, Investigação: “Territórios e sociedades em tempo de mudança”, ganhou o projecto “Iniciativas de “ageing in place” - Valorizar e Divulgar” de António Manuel Godinho da Fonseca, Psicólogo e Professor na Universidade Católica Portuguesa, doutorado em Ciências Biomédicas pelo Instituto de Ciências Biomédicas “Abel Salazar” da Universidade do Porto. Na modalidade 2, Projectos e iniciativas inovadoras: “Inovação em territórios de baixa densidade”, venceu o projecto “Pontes entre agricultura familiar e agricultura biológica” de Cristina Amaro da Costa, Professora e Investigadora no Instituto Politécnico de Viseu, doutorada em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia.
O júri do CEI-IIT destacou a diversidade, abrangência e qualidade do elevado número de projectos submetidos a concurso, tendo ainda deliberado pela realização de um encontro de investigadores onde se possam debater temas como a generalidade dos que foram propostos, considerados interessantes e pertinentes para o desenvolvimento dos territórios de baixa densidade.