Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço


“Dos Emigrantes, através d’A Selva, até A Lã e a Neve”, de Ferreira de Castro, é o tema da conferência de António dos Santos Pereira, que vai decorrer na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda, no dia 15 de Junho, às 18.00 horas.
“Alguns dos maiores literatos portugueses do século XX tiveram formação autodidata, com muito apoio na imprensa periódica do tempo, interessando-se pelos grandes temas que fazem o lastro da cultura portuguesa. Entre eles, merece um destaque particular Ferreira de Castro que conheceu em profundidade tanto a emigração para o Brasil como o pastoreio e os lanifícios da Beira Serrana. Na produção literária do autor, além dos afectos que descreve, a amizade e o amor, a crença na família, sobressaem os retratos das paisagens rurais e urbanas, a selva amazónica, a cidade de São Paulo, e a Covilhã, o mundo rural português e os vários factores políticos, económicos e sociais da História do Brasil e de Portugal da primeira metade do século XX: a emigração, a industrialização, a cultura operária, a imprensa periódica e as greves.”
António dos Santos Pereira é docente desde 1976 e investigador universitário das áreas das Letras e das Ciências Sociais e Humanas, actualmente integrado no Labcom IFP da UBI. Publicou mais de uma centena de títulos e tem orientado dissertações de mestrado e teses de doutoramento sobre temática diversa. É membro do Conselho Geral UBI, director do Museu de Lanifícios e académico correspondente da Academia Portuguesa da História.
Ainda no âmbito dos 100 anos de vida literária de Ferreira de Castro, está a decorrer na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, até 29 de Junho, a exposição itinerante do Museu Ferreira de Castro “Ferreira de Castro: vida e obra”.