Guarda


A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL) tem a decorrer um novo programa cultural à volta dos livros, dos seus autores e das leituras. Na agenda de Maio e Junho o destaque vai para o regresso do Ciclo de Conferências Internacionais “A Europa dos Escritores”, que tem Jorge Maximino como coordenador científico.
No dia 19 de Maio teve lugar a conferência de Sérgio Paulo Guimarães Sousa sobre “A dualidade do campo e da cidade em Camilo Castelo Branco (A Queda dum Anjo e Coração, Cabeça e Estômago)”.
No dia 21, o escritor Gonçalo M. Tavares dinamizou um curso de escrita criativa e apresentou o seu livro “Aprender a rezar na era da técnica”.
Para assinalar o centenário do nascimento de José Saramago, Nobel da Literatura, a BMEL apresentou uma sessão de mediação de leitura, através do livro “A bagagem do viajante”, de José Saramago, por Alma Azul, dirigida ao público sénior, esta terça-feira, 24 de Maio.
No Clube de Leitura Guarda Livros desta vez o autor escolhido é Eduardo Lourenço, com o livro “O labirinto da saudade”. A sessão terá lugar esta sexta-feira, dia 27 de Maio. O Clube de Leitura é coordenado pelo médico João Barradas.
No dia seguinte, 28 de Maio, pelas 16.00 horas, é apresentado o romance vencedor do Prémio Nacional de Literatura Lions de Portugal: “Os dentes do Tejo” de Evelina Gaspar - Encontro Nacional dos Mestres Alfaiates.
No mês de Junho estão agendadas par aa BMEL as seguintes apresentações de livros: no dia 4 “Antagónico”, de Gabriel Gomes; no dia 11, “As Sombras de Uma Azinheira”, de Álvaro Laborinho Lúcio; no dia 18, “A Mais Breve História da Rússia - Dos Eslavos a Putin”, de José Milhazes; no dia 24, em colaboração com o GIC, “Descomplicar a Mente” de Rute Agulhas; e no dia 25, com organização de Rui Pissarra, “1882- O ano do comboio”.
Destaque ainda para os 100 anos da Travessia Aérea do Atlântico Sul de Sacadura Cabral e Gago Coutinho, que a BMEL assinala com uma exposição comemorativa que estará patente entre 17 de Junho e 26 de Agosto.
Para os mais novos, a BMEL expõe, até 3 de Junho, “Monstros entre nós”, uma mostra com 35 Monstros saídos da imaginação dos alunos do 8º e 9º ano, num desafio da Biblioteca Escolar da Escola Secundária Afonso de Albuquerque em articulação com os Grupos de Português e Educação Visual. Os jovens inspiraram-se nas leituras de “Aquilo que os olhos vêem” e “O Adamastor” de Manuel António Pina e em “Os Lusíadas” de Luís de Camões.
Para os alunos do 1º e 2º CEB, haverá “Encontros de Arrepiar”, no dia 30 de Maio. A iniciativa decorre nas escolas, com os autores: Rui Correia e António F. Nabais. Nos dias 21 e 24 de Junho haverá leitura encenada do livro “O Lagarto” de José Saramago, pelo Aquilo Teatro, em várias sessões. Uma iniciativa inserida nas comemorações do centenário do nascimento do prémio Nobel da Literatura português.