Apresentada programação para os meses de Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro


A programação do Teatro Municipal da Guarda (TMG) para os meses de Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro inclui a realização de um ciclo denominado “Diferente é igual [Ciclo de Arte-Terapia]”, que aborda a questão da deficiência.
Victor Afonso, programador cultural do TMG, que apresentou a programação numa conferência de imprensa realizada na sexta-feira, dia 29 de Agosto, com a presença do presidente da Câmara, Álvaro Amaro, e do vereador da cultura Victor Amaral, considera o ciclo “muito importante”. Inclui 12 actividades de música, cinema, artes plásticas, oficinas de musicoterapia e teatro, entre outras, que serão realizadas ao longo do mês de Novembro. “É um dos ciclos estruturantes da programação deste quadrimestre. Aborda a questão da deficiência, precisamente para um público portador de multideficiência”, disse o responsável, indicando que o evento é “não só vocacionado para o público portador de deficiência, como algumas actividades são interpretadas por esse próprio público”. Das várias iniciativas destacam-se um espectáculo de musicoterapia, por António José Novais, a realizar no dia 15 de Novembro, o concerto “Ligados às Máquinas”, também no dia 15, e o chá dançante especial, no dia 19.
No âmbito das comemorações do 815.º aniversário da Guarda haverá um espectáculo com a cantora Simone de Oliveira (dia 27 de Novembro) e um espectáculo comunitário de música e teatro (dias 28 e 29) que será concebido pelos criadores Fernando Mota e Cláudia Andrade, com a participação de grupos e colectividades da região.
No plano musical, a agenda do TMG para os meses de Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro, também integra, entre outras realizações, o cine-concerto por Pedro Burmester “Burmester. Pasolini. Bach.” (dia 13 Setembro), o espectáculo “aCuerdas”, dos espanhóis Fátima Miranda e Marc Egea (dia 25 Outubro), e o concerto de Bruno Nogueira e Manuela Azevedo “Deixem o pimba em paz” (dia 6 Dezembro). Estão também programados o IX Síntese - Ciclo de Música Contemporânea da Guarda (de 11 a 18 Outubro) e o Ciclo Rock em Português (de 12 a 14 Novembro). Um espectáculo do músico da Guarda Rui Pedro Dias, intitulado “Clássicos da Canção”, vai assinalar o Dia Mundial da Música, a 1 de Outubro.
No teatro, o TMG prossegue com o ciclo “Famílias ao Teatro” e apresenta, no dia 8 de Novembro, a produção “Gata em telhado de zinco quente”, dos Artistas Unidos. Nas artes plásticas, o destaque vai para a exposição “Provas de Contacto do Stencil ao Digital; Processos de Transferência da Imagem”, que ficará patente ao público na Galeria de Arte, entre 27 Setembro e 31 Dezembro. Também está programada a realização da Oficena 5, oficina de expressão teatral para jovens, a realizar entre Novembro de 2014 e Maio de 2015, que será orientada por Fernando Carmino Marques.
Na conferência de imprensa, o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, disse que a programação do TMG para os últimos meses do ano é “densa e rica” e custa 9 mil euros aos cofres do Município.
O autarca também referiu que a política cultural assumida para o TMG pelo executivo que lidera permitiu aumentar a afluência de público ao complexo cultural em cerca de 5% e diminuir os custos em cerca de 21%. “Tivemos um aumento de cerca de 15 mil pessoas que vieram assistir à programação do TMG. Isto é gratificante perante uma programação que levou a uma redução de custos de cerca de 21%. Só posso manifestar uma satisfação por aqueles que são os indicadores com os quais somos confrontados”, disse.
Álvaro Amaro anunciou ainda que a autarquia vai passar a realizar anualmente, uma ou duas conferências, denominadas “As Conferências da Guarda”. A primeira está marcada para o dia 28 de Novembro, no dia a seguir ao Dia da Cidade, e ainda não tem temática, local, nem convidados definidos. “Queremos chamar a sociedade da Guarda a debater temas que nos preocupam para o desenvolvimento da Guarda, onde a cultura tem também um papel importante”, disse.