Aos diocesanos da Guarda

Celebramos, no próximo dia 19 do corrente mês de junho, a Solenidade do Coração de Jesus e também o Dia Mundial de Oração pela santificação do Clero, este ano subordinado ao lema “Sacerdotes com o Coração de Cristo”.A Congregação para o Clero, da Cúria Romana, partindo da carta com que, no passado mês de agosto, o Santo Padre assinalou 160 anos passados sobre a morte do Santo Cura d´Ars, faz-nos algumas recomendações para este dia, que vamos recordar.Assim, em primeiro lugar, somos convidados a dar graças a Deus pelo dom dos ministros ordenados à Sua Igreja e também pela dedicação com que se entregam ao exercício da missão que lhes está confiada.É dia para agradecer a Misericórdia e a Compaixão do próprio Deus que passam pela ação dos Ministros Ordenados, quer quando distribuem o dom do perdão, quer quando colocam ao alcance de todos os gestos surpreendentes de Jesus, anunciando a novidade e a beleza do Seu Evangelho.Pedimos um coração vigilante para ajustarmos cada vez mais a nossa vida à Pessoa de Jesus e ajudarmos quantos nos estão confiados a terem a mesma preocupação.E nós reforçamos a vontade de ser, cada vez mais, esses servos fiéis que esperam devidamente acordados e preparados o dono da vinha ou então como as virgens prudentes que sabem prevenir-se e vigiar até à chegada do noivo.Sabemos que, no exercício do Ministério que nos está confiado, encontramos sempre pela frente muitas dificuldades e alguns obstáculos. Para os ultrapassar precisamos de coragem, que havemos de saber implorar e assumir mesmo com sacrifício da nossa parte. Aqui o acompanhamento espiritual que procuramos para nós e oferecemos aos outros é muito decisivo; e a intimidade com a Pessoa de Jesus, na luz ena força do Seu Espírito, o caminho certo.Nesse dia, Solenidade do Coração de Jesus, celebramos, na Sé, às 11.00 horas a Missa Crismal, que foi adiada por causa da pandemia. Celebramos só com a presença de sacerdotes e diáconos, aplicando as regras de higiene, distanciamento e máscaras, como já estamos a fazer nas nossas assembleias litúrgicas. A seguir, faremos um encontro do clero no nosso Seminário.Este ano vamos dar especiais graças a Deus por um dos nossos padres que perfaz 70 anos de sacerdócio, o Rev.do Padre Francisco Salvado Gralha; outro, 60 anos de sacerdócio, o Rev.do Padre António Espinha da Cruz Monteiro e dois que perfazem 25 anos também de sacerdócio, os Rev.do Padres Henrique Manuel Rodrigues dos Santos e Vítor Manuel de Paiva Ramos.Que Deus seja louvado e, com a proteção da Virgem Maria, Rainha do Clero, possamos viver intensamente este dia de louvor e ação de graças pelo dom do Ministério Ordenado à Igreja, apesar dos constrangimentos que a pandemia continua a impor-nos.6.6.2020+Manuel R. Felício, Bispo da Guarda