Segurança


O Comando Distrital da PSP da Guarda desenvolveu, no período compreendido entre os dias 12 e 17 de Fevereiro, a operação “Carnaval em Segurança 2015“.
A operação consistiu, genericamente, em reforçar a atitude proactiva e dissuasora tendo em vista a diminuição da criminalidade e sinistralidade rodoviária na área de actuação do Comando, aumentando as condições e o sentimento de segurança.  Naquele período a PSP procedeu a um reforço do número de agentes policiais na rua, para o policiamento auto e apeado, principalmente no acompanhamento dos diversos desfiles de Carnaval. Colocou efectivos nas principais zonas comerciais, turísticas e de diversão nocturna; realizou acções policiais dirigidas para as zonas de diversão nocturna; aumentou o controlo do trânsito automóvel, com vista a uma maior disciplina e segurança na circulação automóvel e efectuou maior vigilância nas zonas onde habitualmente se registam maiores índices de actos ilícitos.
Naquele período também incrementou a sua actividade de fiscalização junto dos estabelecimentos de fabrico e comércio de artigos pirotécnicos, no sentido de assegurar que não fossem colocados no mercado produtos de utilização proibida e realizou acções de sensibilização em estabelecimentos escolares com vista a demonstrar os perigos na utilização de artefactos pirotécnicos (vulgarmente conhecidas bombas de Carnaval), e cuja venda ao público é proibida.
No âmbito do V Plano Nacional de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género, no período de 11 a 13 de Fevereiro, a PSP concretizou a operação “No Namoro Não Há Guerra”, com acções de sensibilização junto das escolas do ensino básico do 3.º ciclo e secundário, sobre Violência no Namoro.