No interior do País


As áreas da Saúde, Gestão, Desporto, Turismo e Hotelaria e Comunicação foram as mais procuradas no Instituto Politécnico da Guarda (IPG) que, na passada segunda-feira, começou a receber os novos alunos na sequência das candidaturas de acesso ao ensino superior.
De referir que o Politécnico da Guarda registou a maior taxa de ocupação de todos os Politécnicos do interior do país, nesta primeira fase de colocação de alunos no ensino superior. “O número de colocações aumentou nesta fase, em todas as Escolas do IPG, em relação ao ano anterior, embora se verifique ainda um número significativo de vagas por preencher”, deu a conhecer a Presidência do Politécnico da Guarda.
“Espera-se que a segunda fase possa contribuir para aumentar o número de alunos na nossa instituição, e na região, e as bolsas para estudar no interior possam também trazer mais alunos de fora da região para a Instituição”, acrescenta a informação divulgada pelo IPG. Por outro lado, deseja-se agora que “as áreas tecnológicas e em particular as engenharias ganhem estudantes nas fases seguintes, potenciando assim o potencial dos recursos humanos qualificados para região e para o país”.
O prazo de apresentação de candidaturas à segunda fase do concurso de acesso ao ensino superior está a decorrer até 19 de Setembro.