Comitiva da ‘Air Liquide Europe Business Services’ reuniu com a autarquia


A empresa multinacional francesa Air Liquide Europe Business Services, que trabalha com gases industriais, garantiu um novo investimento privado para a Guarda que irá criar 130 novos postos de trabalho. Os representantes em Portugal desta Multinacional reuniram com o presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, no dia 27 de Outubro.
A comitiva da multinacional francesa esteve na Guarda para agilizar a abertura de um Pólo, à semelhança dos que a empresa já tem a funcionar em Lisboa e Tomar, como centro de serviços partilhados do Grupo na área financeira, para a região da Europa, África, Médio Oriente e Índia.
A pensar neste novo investimento, a empresa já iniciou o processo de recrutamento de pessoal nas áreas de contabilidade, gestão e economia, planeando empregar 40 pessoas por ano e chegar aos 130 postos de trabalho, em três anos.
Sérgio Costa disse que “estamos a falar de um investimento muito importante para a nossa cidade, concelho e região”. E acrescentou: “Estamos a trabalhar para o futuro da Guarda, para o futuro dos nossos jovens e para atrair ao nosso território quadros superiores qualificados”.
O autarca adianta que o objectivo “é colocar a Guarda num patamar cimeiro da região e continuar a fazer o caminho para tornar a Guarda no Hub do Interior”.
Criada em 2019 em Lisboa, a Air Liquide Europe Business Services (ALEBS) fornece serviços financeiros e apoia processos financeiros e contabilísticos para uma série de países em toda a Europa. Esta multinacional desenvolve actualmente a sua actividade em Portugal, em Lisboa e em Tomar, nas áreas Industrial e Medicinal.
Na Guarda, a empresa vai laborar em instalações a ceder pelo município, que já está a tratar da melhor localização para este novo investimento.