Instituto Politécnico da Guarda


A incubadora de empresas do IPG - Instituto Politécnico da Guarda vai acolher a primeira start-up financiada por investidores estrangeiros, no âmbito da parceria estabelecida em 2023 com a Empowered Startups. A “Seed by Seed” pretende facilitar o acesso a microcrédito a trabalhadores e pequenas empresas com pouca literacia digital. A instalação da startup vai ser oficializada esta sexta-feira, dia 8 de Março.
Este novo projecto empreendedor irá criar uma plataforma digital colaborativa para facilitar o acesso a microcrédito, quer a trabalhadores independentes, quer a empresas de pequena dimensão ligadas a sectores tradicionais para criarem e expandirem o seu negócio. A Seed by Seed vai desenvolver uma rede de mentoria e cursos de formação e de capacitação à medida das necessidades dos seus clientes: os temas serão o empreendedorismo, as tecnologias digitais aplicadas à gestão empresarial e a inovação em sectores de actividade tradicionais, entre outros.
O presidente do IPG, Joaquim Brigas, explica que “a atracção desta startup só foi possível devido à aposta no apoio a projectos com uma forte base tecnológica da nossa incubadora”. E acrescenta: “É um motivo de enorme satisfação para o Politécnico da Guarda poder ajudar trabalhadores e empresas de sectores que, à partida, estão menos virados para as tecnologias digitais, a tornarem-se mais empreendedores e inovadores”.
O arranque da Seed by Seed será desenvolvido em colaboração com o Politécnico da Guarda e implementará dois projectos-pilotos em 2025, um no concelho da Guarda, outro no concelho de Seia. O empreendedor responsável por este projecto é o norte-americano Michael Racki, que integra actualmente o conselho de administração da “GoDaddy”, uma das maiores empresas do mundo ao nível do registo, gestão e armazenamento de domínios na internet.
Joaquim Brigas refere que “o modelo desnuclearizado da incubadora do IPG vai permitir apoiar os concelhos da região da Guarda na fixação e desenvolvimento de negócios empreendedores”. Acrescenta que “ainda este ano vão ser integradas pelo menos mais quatro startups de investidores estrangeiros na incubadora do Politécnico da Guarda. Num futuro próximo, os concelhos da região poderão também acolher startups como a Seed by Seed”.