Anúncio feito por António Costa

A estratégia comum de desenvolvimento transfronteiriço é o tema central da Cimeira luso-espanhola que vai decorrer na Guarda, entre final de Setembro e início de Outubro.O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, António Costa, esta segunda-feira, 6 de Julho, numa conferência de imprensa conjunta com o líder do Governo espanhol Pedro Sánchez, em São Bento, após um encontro que se destinou, nomeadamente, à preparação da próxima reunião do Conselho Europeu, nos próximos dias 17 e 18, em Bruxelas.“Temos adiado, por motivos vários, essa cimeira luso-espanhola, mas, seguramente, entre o final de Setembro e o início de Outubro, vamos poder realizá-la na Guarda. Vai ter como tema central um projecto que temos vindo a trabalhar em conjunto nos últimos anos, que é a definição de uma estratégia comum de desenvolvimento transfronteiriço”, explicou.António Costa considerou ainda que esse projecto comum com Espanha “é uma prioridade fundamental para responder à actual crise”.“Em toda a União Europeia, a fronteira Portugal/Espanha é a única que não é factor de maior desenvolvimento, mas, pelo contrário, tem sido local de despovoamento e de empobrecimento. Temos de robustecer estes territórios para podermos sair da crise”, acrescentou o primeiro-ministro português.Em comunicado o Partido Socialista da Guarda veio a público congratular-se “com o anúncio do Primeiro-Ministro, António Costa, de que, a próxima cimeira luso-espanhola vai realizar-se na Guarda, entre o final de Setembro e início de Outubro de 2020”.Para António Monteirinho, Presidente da Concelhia do PS Guarda, “a Guarda será o centro da definição desta estratégia que será a prioridade fundamental para responder à actual crise”.Considera ainda que “o Governo Socialista reafirma a intenção de robustecer estes territórios para podermos sair da crise”.