Guarda

A celebração de um protocolo para instalação do Comando Sub-Regional das Beiras e Serra da Estrela da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, nas antigas instalações da Associação Comercial da Guarda, foi um dos pontos aprovados, por unanimidade, na última reunião da Câmara da Guarda. O presidente da autarquia referiu que a mudança ainda vai demorar alguns meses pois é necessário fazer o “projecto de adaptação do edifício”. Sérgio Costa adiantou que o protocolo é válido por 20 anos e vai permitir a instalação do Comando Sub-Regional das Beiras e Serra da Estrela da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, nas antigas instalações da Associação Comercial da Guarda. Este era mais assunto que estava esquecido e que só foi possível concretizar porque “este Executivo com a Tutela passou das palavras aos actos”. Apesar de ter votado favoravelmente, o vereador do PS disse que o edifício da antiga Associação Comercial “não é o mais adequado mas serve e dá resposta”. Luís Couto adiantou que “no futuro, esta unidade pode ser deslocalizada para outro lugar”, atendendo ao facto do edifício em causa estar “numa zona turística e de difícil acesso”. Considerou que o Comando Sub-Regional das Beiras e Serra da Estrela da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil “deve ficar num sítio mais desafogado e com melhores acessos”. O vereador do PSD, Carlos Chaves Monteiro, considerou a celebração deste protocolo como “uma boa decisão”, referindo ainda que “há um trabalho que vem de trás e está a produzir os seus frutos”.