Lista única obteve 688 votos dos 747 militantes que foram às urnas

Trabalhar para que, nas próximas eleições autárquicas, o partido tenha candidatos “fortes” e “determinados em vencer” é o grande desafio do novo presidente da Comissão Política Distrital do PSD da Guarda. Carlos Condesso, que liderava a lista única que foi a eleições no último sábado, 11 de Julho, obteve a confiança de 688, dos 747 militantes que exerceram o direito de voto.“Preparar os próximos desafios eleitorais, com redobrada atenção para as eleições autárquicas de 2021, para as quais estaremos focados e estrategicamente empenhados em garantir uma selecção de candidatos autárquicos fortes, bem preparados e determinados em vencer”, disse Carlos Condesso. Acrescentou que, nas eleições autárquicas, pretende “ganhar o maior número de câmaras municipais possível, eleger o maior número de vereadores, de presidentes de junta e de membros de assembleias municipais”.Nas eleições votaram 747 militantes dos 1403 inscritos, dos quais 688 votaram na única lista que concorreu ao acto eleitoral. Na contagem foram registados 39 votos brancos e 20 nulos.Depois de conhecidos os resultados, Carlos Condesso explicou que “terminado que está o acto eleitoral, inicia-se hoje um novo ciclo no PSD distrital”. E acrescentou: “Queremos convergir com todos, trazer para o partido todos aqueles que, por algum motivo, se afastaram e queremos contar com todos para construirmos um PSD mais forte, mais responsável e mais dinâmico no distrito da Guarda””.A nova Comissão Política Distrital do PSD da Guarda tem como vice-presidentes Rui Ventura, presidente da Câmara Municipal de Pinhel e Carlos Ascensão, presidente do município de Celorico da Beira. Carlos Condesso tem uma experiência de quase 20 anos de militância activa. Começou como militante de base, foi membro de uma comissão política concelhia, presidente de concelhia (Figueira de Castelo Rodrigo), presidente de assembleia de secção, secretário distrital e vice-presidente da distrital durante os últimos 4 anos. Como novo presidente da Comissão Política Distrital do PSD da Guarda substitui no cargo Carlos Peixoto, actual Deputado do PSD na Assembleia da República, eleito pelo círculo da Guarda.