Iniciativa do Grupo Motard Família da Estrela


O alto da Serra da Estrela, na zona envolvente da Capela de Nossa Senhora do Ar, acolheu mais de duas mil motas para a primeira bênção de motas, no último domingo, 19 de Junho.
A forte adesão de motards de todo o País surpreendeu a organização, o Grupo Motard Família da Estrela, que já pensa na próxima edição do evento. O objectivo passa pela realização regular anual da bênção no alto da Serra da Estrela, no segundo domingo de Junho, a partir de 2023.
Apesar do mau tempo que se fazia sentir, no último Domingo, no alto da Serra da Estrela, os motards permaneceram firmes no local, durante a celebração da Palavra e da bênção.
António Batista, presidente do Grupo Motard Família da Estrela, disse que quando foi agendada para Junho, a organização estava longe de pensar que o dia seria tão agreste, com temperaturas muito baixas e muita chuva.
Apesar deste contratempo, a iniciativa correu muito bem e com uma adesão fantástica, com mais de duas mil motas presentes, e mais de 2500 pessoas.
De acordo com a organização, a primeira bênção de motas junta da Capela de Nossa Senhora do Ar, na Torre, Serra da Estrela, juntou motards provenientes de todo o País, desde o Algarve ao Minho.
Os primeiros 250 motards que chegaram ao Alto da Torre foram recompensados com queijos da serra, pão de centeio e compotas.
A organização promete fazer um balanço desta actividade nos próximos tempos, mas pretende que esta bênção das motas se fixe no calendário nacional dos grupos motards e que, nas próximas edições, possa atrair ainda mais aficionados das duas rodas.
Na organização do evento o Grupo Motard Família da Estrela contou com a colaboração da Delegação de Seia da Cruz Vermelha Portuguesa, dos Bombeiros Voluntários de Loriga, da GNR, do Parque Natural da Serra da Estrela e da Turiestrela e com o apoio do Município de Seia e União de Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros.