Municipio da Guarda assinou acordo para 26 fogos


A assinatura dos acordos de colaboração entre a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), os Municípios que integram a CIM e o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), no âmbito dos projectos de Habitação a Custos Acessíveis, decorreu em Figueira de Castelo Rodrigo, no dia 10 de Janeiro.
A cerimónia, que teve lugar no Salão Nobre da Câmara Municipal contou com a presença da Ministra da Habitação, Marina Gonçalves, acompanhada pela Secretária de Estado da Habitação, e do Presidente do Conselho Directivo do IHRU, António Gil Leitão.
Os acordos agora assinados pressupõem a intervenção dos primeiros 255 de um total de 700 fogos, criando oferta a cerca de 1000 pessoas, numa área total de 26 mil metros quadrados de construção, correspondendo à primeira fase da execução.
O investimento é de aproximadamente 35 milhões de euros, distribuídos por 20 projectos em 11 municípios, e vai reconfigurar o edificado actualmente existente, adequando a oferta de tipologias às necessidades dos inquilinos, dispondo de habitações nas tipologias T0 a T4.
Nesta primeira fase, o Município da Guarda destacou-se ao assinar um acordo que contempla 26 fogos, num investimento previsto de cerca de 4,740 milhões de euros.
A Câmara Municipal de Figueira de Castelo Rodrigo assinou um acordo de colaboração que vai permitir reabilitar 15 fogos no centro histórico da vila, no valor de cerca de 1 milhão e 700 mil euros, investimento financiado a 100% pelo Plano de Recuperação e Resiliência. A Câmara Municipal presidida por Carlos Condesso vai ser responsável por todos os procedimentos até à conclusão das obras, à excepção da selecção e atribuição das habitações, que será da responsabilidade do Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana.
Em Pinhel, ao abrigo deste acordo, o IRHU prevê adquirir um conjunto de 22 imóveis que serão reabilitados pelo Município a fim de garantir 49 fogos habitacionais destinados a arrendamento a custos acessíveis, num investimento que ronda os 5 milhões de euros, financiados a 100% pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).
Na cerimónia que decorreu em Figueira de Castelo Rodrigo foram assinados os primeiros acordos que irão permitir a recuperação de 17 fogos habitacionais.
Manteigas assinou o acordo de financiamento para os primeiros 7 fogos, de um total de 37 previstos para o concelho. O valor total de investimento deste programa no Concelho de Manteigas será de quase 5 milhões de euros.
Na globalidade o programa estabelecido com o IHRU abrange os 15 municípios da CIMBSE, no entanto na primeira fase foram assinados protocolos para 11 concelhos, num total de 20 projectos, com um valor de obra de 35 milhões de euros.
A CIMBSE é constituída por 15 municípios, sendo 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).