Tomada de posse dos novos órgãos


Beatriz Silva, estudante de mestrado em Marketing e Comunicação, tomou posse como presidente da Associação Académica da Guarda. A tomada de posse dos novos órgãos dirigentes da Associação Académica da Guarda teve lugar no dia 21 de Setembro.
A nova presidente assume o cargo “com enorme sentido de responsabilidade” e promete “tentar fazer o melhor e marcar a diferença”, não só por ser a primeira mulher no cargo, mas também por ter elementos novos na equipa. Pretende ainda “aproximar mais a comunidade académica” das quatro escolas do Instituto Politécnico da Guarda.
“Espero que os nossos governantes se lembrem da Guarda e do tempo que estamos a pedir uma coisa que nos é essencial para termos formação académica: o alojamento”, disse a nova presidente da Associação Académica da Guarda.
O presidente do Instituto Politécnico da Guarda, Joaquim Brigas, afirmou que é “um privilégio assistir à posse da primeira mulher estudante como presidente da Associação Académica da Guarda”. E acrescentou: “Esta é uma estreia que honra e muito enaltece esta instituição de ensino superior porque todo o mundo, e o académico em particular, precisa muito do contributo das mulheres”.
Joaquim Brigas lembrou que o Instituto Politécnico da Guarda “continua a ser o principal motor de rejuvenescimento e de qualificação do tecido social, económico e cultural da Guarda”.
Reconheceu o trabalho dos órgãos sociais cessantes dizendo que “a onda de mudança e de relançamento que o Politécnico da Guarda tem vivido nestes anos teve também o contributo, e um contributo relevante, da exigência, da reivindicação, do acompanhamento e do apoio da Associação Académica da Guarda”.
Joaquim Brigas agradeceu o apoio que a Câmara da Guarda tem dado ao Instituto e às suas iniciativas, como a candidatura ao Laboratório Colaborativo em Logística. E referiu: “É importante continuarmos a cooperar para fazer com que o Instituto Politécnico da Guarda ajude ao crescimento da Guarda e ao desenvolvimento da região”.
Na cerimónia, que decorreu no auditório da Associação Académica da Guarda, Sérgio Costa, Presidente da Câmara, disse que “o Município da Guarda, deseja e quer, que esta instituição seja cada vez mais reconhecida e valorizada e o actual Executivo Municipal da Guarda quer que o Ensino Superior da Guarda se sinta apoiado e que nos considere como um parceiro”. O autarca destacou o “diálogo profícuo que tem existido com vista à resolução de um dos problemas que mais afecta os alunos e o Instituto Politécnico da Guarda: a falta de alojamento e de residências para os estudantes”.