Entrega de prémios decorreu em Marialva


O vinho Aforista Reserva branco 2021 foi considerado o Melhor Vinho da Beira Interior, do 16º Concurso de Vinhos da Beira Interior. A cerimónia de entrega de prémios decorreu, no dia 8 de Julho, em Marialva, concelho de Mêda.
Para além do melhor vinho da Beira Interior, o júri do Concurso realizado na Guarda, nos dias 19 e 20 de Junho, atribuiu ainda o prémio do Melhor Vinho no Feminino (Souvall – DOC Beira Interior), o Prémio de Melhor Imagem (Bal Madre – DOC Beira Interior), o Prémio de Melhor Imagem no Feminino (Adega 23 – IG Terras da Beira), 17 medalhas de ouro e 11 medalhas de prata, num total de 92 vinhos a concurso, em representação de 34 associados da região.
Receberam a Medalha de Ouro: Adega 23 (branco 2020); Aforista – Reserva (branco 2021); Beyra – Grande Reserva (tinto 2021); Marquês D’Almeida Reserva tinto 2018); Quinta Vale do Ruivo (branco 2020); Torre de Pinhel - 75º Vindima (reserva especial – tinto 2018); Alvinho (colheira seleccionada, branco 2021); Aforista (branco 2021); Convento de Marialva (reserva, tinto 2021); Quinta do Cardo (Grande reserva Biológico Síria, branco 2021); Souvall (reserva, branco 2022); Beyra (Vinhas Velhas, branco 2022); Pombo Bravo (reserva Touriga nacional e Tinta Roriz, rosado 2021); 1808 Portugal - Field Blend ((biológico, tinto 2018); Torre de Pinhel (tinto 2020); Quinta dos Currais (colheira seleccionada, branco 2021); Beyra (reserva Tinta Roriz e Jaen, tinto 2021).
Receberam a Medalha de Prata os seguintes vinhos: Quinta da Arrancada Reserva (Branco 2022); Quinta dos Currais (Reserva, tinto 2019);
doispontocinco (tinto 2018); Folhas Caídas (Chardonnay, branco 2022); Quinta das Senhoras - Dona Maria de Deus (Grande Reserva, tinto 2019); Portas D’El Rei (Colheita Seleccionada, tinto 2020), Quinta da Arrancada (Grande Reserva, tinto 2020); Quinta dos Termos (Reserva Talhão da Serra, tinto 2020); Quinta dos Currais (Síria, branco 2021); Entrevinhas (Touriga Nacional, tinto 2021); Quinta da Arrancada – Açor (Reserva, tinto 2020).
O Presidente da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, Rodolfo Queirós, deu os parabéns a todos os associados pelo enorme sucesso que a Beira Interior tem vindo a ganhar ao longo dos últimos anos. Salientou ainda a importância deste tipo de eventos para a dinamização da Rota dos Vinhos da Beira Interior, referindo que a escolha da aldeia Histórica de Marialva vai ao encontro da promoção de todo o território da Beira Interior.
O Presidente do Município de Mêda, João Mourato congratulou-se com a realização da Gala pela primeira vez no seu município, salientando a parceria profícua entre a Comissão Vitivinícola da Região da Beira Interior e o Município de Mêda.
A cerimónia foi presidida pela Ministra da Coesão Territorial Ana Abrunhosa, com raízes no concelho da Mêda, que salientou a enorme importância do sector vitivinícola para a coesão dos territórios assim como para a captação de novos investimentos e para a fixação de pessoas. A Ministra enalteceu ainda o papel que a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior da Beira Interior tem desempenhado como elo de ligação entre este território composto por 20 concelhos.